Detalhes

Palestra aborda relacionamento de distribuidoras de energia

Publicado em 09 de maio de 2019 às 16:08, com última atualização em 15 de maio de 2019 às 18:19

A sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES) foi palco, no sábado (04/05), da palestra “Geração Distribuída: Relacionamento com as Distribuidoras” que recebeu engenheiros, técnicos, investidores e interessados em empreendimentos fotovoltaicos no setor capixaba.

O evento é uma realização do Crea-ES, Sindicato dos Engenheiros no Estado do Espírito Santo (Senge-ES), Pró-Energia Solar, e da Associação Capixaba dos Engenheiros Eletricistas (ACEE). A programação trouxe informações técnicas das distribuidoras do Estado referentes à solicitação de acesso de geração distribuída.

Para o vice-presidente da ACEE e diretor de formação do Senge-ES, Rogério Ramos, a ideia fundamental do encontro foi proporcionar o nivelamento do conhecimento a partir das concessionárias de energia elétrica.

O fundador do grupo Pró Energia Solar ES, Engenheiro Eletricista Pedro Pacheco Bacheti, que participou da abertura, disse que a ocasião é uma oportunidade para ofertar um diálogo aberto entre o profissional e a concessionária. “É bom para o profissional que fornece um serviço mais qualificado; para a concessionária, que tem menos trabalho; e para o cliente, que é beneficiado com a agilidade do processo”, ressaltou.

Aproximação

O evento contou com a participação da empresa EDP Espírito Santo, que marcou presença com o representante da EDP Jeandrierry Corsini, a gestora operacional da EDP, Engenheira Eletricista Kátia Duque, bem como o gestor de faturamento da EDP, Engenheiro Eletricista Luciano Falce de Mattos.

A Empresa Luz e Força Santa Maria (ELFSM) também esteve presente. Ela foi representada pelo Engenheiro Eletricista Fernando Casari e o Engenheiro Eletricista Renato Zampiroli de Medeiros.

O Engenheiro Eletricista Fernando Casari vê tal situação como um momento para trocar experiências e compartilhar conhecimentos. “Essa aproximação entre o consumidor e a distribuidora é necessária para que os projetos tenham fluência. A Santa Maria apoia a geração distribuída, temos o PEE relacionado diretamente a isso”, analisou.

O PEE é o Projeto de Eficiência Energética que promove a eficiência da utilização de fontes renováveis de energia em residências de baixa renda. O projeto tem o intuito de conscientizar os consumidores sobre o uso correto da energia elétrica e a importância da utilização da energia solar.

Leia mais sobre o Projeto de Eficiência Energética

O gerente de Relacionamento Institucional do Crea-ES, Henrique Germano Zimmer, destacou a aproximação entre os agentes de mercado proporcionada pelo evento. Para ele, tanto os profissionais quanto as empresas devem sempre ansiar por melhores qualidades e resultados. Além disso, Zimmer enfatiza também o objetivo do Conselho. “Estamos criando no Estado a possibilidade dos profissionais terem um espaço para as suas reivindicações, capacitações do trabalho, e, com isso, proteger a sociedade”, explicou.

Ano das parcerias

Desde o início do ano, o Crea-ES oferece cursos e eventos para o interior do estado. E, desse modo, estabelece parcerias com diversas organizações. A presidente do Crea-ES, Eng. Civil Lúcia Vilarinho, pretende ampliar esse apoio também com órgãos públicos. Segundo Lúcia, 2019 é o ano das parceiras. E o Termo de Cooperação Técnica é importante por ser um auxílio mútuo. “O Crea nunca vai ter quantidade suficiente de fiscais. Então precisamos dar as mãos e cada um ajudar o outro”, relatou.

Durante a abertura do evento, a presidente do Crea-ES fez questão de destacar a participação dos jovens estudantes na palestra. Para Lúcia Vilarinho, o futuro será constituído por aqueles que souberem se preparar. “O mundo está girando numa velocidade que a gente precisa se qualificar e fazer a diferença”, expressou.

A ocasião colaborou com o aprendizado da técnica em edificações Carla Reis. A também estudante de engenharia civil, disse ter aprendido informações que irão contribuir com o conhecimento profissional e estudantil. 

Já o estudante de engenharia civil Leandro Soares de Abreu comentou sobre o contato que pôde ter com pessoas que são referências no mercado. Para ele, o conteúdo que lhe foi apresentado, vai trazer muitos benefícios futuramente.


Lara Mireny

Comunicação Crea-ES


Clique aqui para voltar